O sal rosa não faz mal?

O sal rosa não faz mal?

O sal rosa não faz mal?

 

Mito. O sal rosa, ou sal dos Himalaias, como é também conhecido, entrou nas lojas saudáveis e nos supermercados como um sal que não faz mal, que é muito saudável, mas não é bem assim.

 

Quanto a comunidade médica e científica fala dos perigos do sal em excesso, nomeadamente para o coração e tensão arterial, refere-se, na verdade, ao sódio existente no sal de cozinha (cloreto de sódio), salientando-se que a recomendação máxima diária é de 1 colher de chá (rasa). Ora, o sódio existe também no sal rosa, contudo, como é um sal mais puro, tem maior concentração e, como tal, conseguimos utilizar menores quantidades para obter o mesmo paladar nos alimentos. Acresce que, de facto, o sal rosa tem, além de sódio, uma elevada concentração de outros minerais e oligoelementos (cálcio, magnésio, potássio, iodo, fósforo, selénio, zinco...), porém, os malefícios associados ao elevado cosnumo de sódio existem para todas as fontes de sódio, incluindo o sal não refinado ou o sal rosa.

 

Por esta, razão, o sal rosa pode ser usado, com vantagem por forecer outros minerais e oligoelementos importantes, mas em quantidade igualmente moderada. A questão é, se a quantidade a usar é pequena, fará sentido considerar o sal rosa como fonte siognificativa de cálcio, zinco e outros minerais, ou será uma quantidade tão pequena que pouco ou nenhum impacto tem na nossa saúde? O esclarecimento chegará, oxalá, em breve, com um apropriado estudo e observação científicos.

 

 


Mostrar por página
Ordenado por
Renal Plus
Renal Plus

Ajuda na eliminação de pedras renais.

21,70 €
Alcachofra
Alcachofra

Elimina gorduras acumuladas, combate a retenção de líquidos melhora a digestão das gorduras e elimina toxinas.

Antes

12,40 €
12,40 €
Pack Purify
Pack Purify

Tripla acção: laxante + detox + pré-biotico (fibras).

 

Antes

23,59 €
18,60 €
Você poupa 21 %