ZMA – Quais os benefícios?

ZMA – Quais os benefícios?

ZMA – Quais os benefícios?

ZMA é uma fórmula constituída por ZINCO, MAGNÉSIO e VITAMINA B6, comummente utilizada por atletas. 

Foi criada no Estado da Califórnia, por Victor Conte, com o intuito de promover ganhos de massa muscular. Inicialmente era utilizada por ginastas e culturistas, hoje em dia é recomendado para qualquer adulto.

Acredita-se que a ação conjunta destes componentes traga benefícios tanto para praticantes de exercício físico como para não praticantes. 


Os seus benefícios estão relacionados com o facto de que a carência destes micronutrientes é comum. Portanto a sua suplementação restabelece o equilíbrio levando a um melhor funcionamento do organismo.


Por outro lado, quem pratica exercício intenso tem necessidades nutricionais aumentadas. O que torna esta, como outra suplementação, indispensável. Além de que as substâncias que a constituem podem atribuir maiores ganhos de massa muscular, de força, retardam a fadiga, melhoram os padrões de sono e ajudam a manter o equilíbrio eletrolítico. Todos eles pontos chave para praticantes de exercício físico.


ZINCO 

O zinco é um nutriente essencial à produção de hormonas, expressão genética, sistema imunitário e desenvolvimento cognitivo... Está envolvido em quase todos os processos fisiológicos direta ou indiretamente.

No desporto é particularmente importante para promover ganhos de massa muscular e de força através do aumento dos níveis de testosterona e da hormona do crescimento. 


MAGNÉSIO

Para a maioria da população não causa estranheza a suplementação com magnésio. É das carências nutricionais mais comuns e que, da mesma forma, é comummente sugerida a sua suplementação.

A sua importância prende-se com a necessidade deste mineral à vida humana e ao bem estar. 

Atua ao nível das membranas celulares dando-lhes a estabilidade necessária para uma correta passagem do impulso nervoso.  Assim melhora a concentração, capacidade de reação e capacidade de memorização.

No processo de contração/relaxamento muscular, é o responsável pelo retorno das fibras musculares ao estado “normal” (relaxamento). Não é à toa que um dos primeiros sintomas da carência de magnésio é o aparecimento de cãibras.

Para praticantes de exercício físico a sua suplementação torna-se ainda mais importante pois além de melhorar a performance pelo já mencionado, ainda previne o aparecimento de lesões.

Na prevenção e tratamento da obesidade bem como da diabetes também pode trazer benefícios uma vez que melhora a sensibilidade à insulina. 


VITAMINA B6

Esta vitamina é essencial para a normal ocorrência de uma série de processos bioquímicos, tal como o zinco. Ambos funcionam como um cofator para uma enorme variedade de enzimas.

Mas o motivo pelo qual se encontra na composição deste suplemento é que:

Esta vitamina é importante como auxiliar da absorção do magnésio. 

Reduz a quantidade de zinco necessária para aumento dos níveis de testosterona.


Vantagens no consumo de ZMA

  • Ajuda preciosa na recuperação muscular,
  • Ganhos de força e de massa muscular e na manutenção da hidratação do organismo.
  • Melhora a concentração, o débito cardíaco e regula a pressão arterial.
  • Melhora os padrões de sono. É durante o sono que produzimos hormonas responsáveis pela regeneração dos tecidos lesados e pelo crescimento.

 

Referências Bibliográficas

Fox C, Ramsoomair D, Carter C. Magnesium: its proven and potential clinical significance. South Med J. (2001); Somjen GG. Ion regulation in the brain: implications for pathophysiology. Neuroscientist. (2002); Langley WF, Mann D. Central nervous system magnesium deficiency. Arch Intern Med. (1991); Takase B, et al. Effect of chronic stress and sleep deprivation on both flow-mediated dilation in the brachial artery and the intracellular magnesium level in humans. Clin Cardiol. (2004); Barragán-Rodríguez L, Rodríguez-Morán M, Guerrero-Romero F. Efficacy and safety of oral magnesium supplementation in the treatment of depression in the elderly with type 2 diabetes: a randomized, equivalent trial. Magnes Res. (2008); Al-Delaimy WK, et al. Magnesium intake and risk of coronary heart disease among men. J Am Coll Nutr. (2004); Mathers TW, Beckstrand RL. Oral magnesium supplementation in adults with coronary heart disease or coronary heart disease risk. J Am Acad Nurse Pract. (2009); Corica F, et al. Magnesium concentrations in plasma, erythrocytes, and platelets in hypertensive and normotensive obese patients. Am J Hypertens. (1997); de Valk HW, et al. Oral magnesium supplementation in insulin-requiring Type 2 diabetic patients. Diabet Med. (1998); Guerrero-Romero F, Rodríguez-Morán M. Magnesium improves the beta-cell function to compensate variation of insulin sensitivity: double-blind, randomized clinical trial. Eur J Clin Invest. (2011); Bilbey DL, Prabhakaran VM. Muscle cramps and magnesium deficiency: case reports. Can Fam Physician. (1996); Cinar V, et al. Effects of magnesium supplementation on testosterone levels of athletes and sedentary subjects at rest and after exhaustion. Biol Trace Elem Res. (2011); Brilla LR, Haley TF. Effect of magnesium supplementation on strength training in humans. J Am Coll Nutr. (1992); Cinar V. The effects of magnesium supplementation on thyroid hormones of sedentars and Tae-Kwon-Do sportsperson at resting and exhaustion. Neuro Endocrinol Lett. (2007); Cinar V, et al. Adrenocorticotropic hormone and cortisol levels in athletes and sedentary subjects at rest and exhaustion: effects of magnesium supplementation. Biol Trace Elem Res. (2008); Meisel P, et al. Magnesium deficiency is associated with periodontal disease. J Dent Res. (2005); Eisinger J, Dagorn J. Vitamin B6 and magnesium. Magnesium. (1986); Bernstein AL. Vitamin B6 in clinical neurology. Ann N Y Acad Sci. (1990); Eisinger J, Dagorn J. Vitamin B6 and magnesium. Magnesium. (1986); Bernstein AL. Vitamin B6 in clinical neurology. Ann N Y Acad Sci. (1990; Majumdar P, Boylan LM. Alteration of tissue magnesium levels in rats by dietary vitamin B6 supplementation. Int J Vitam Nutr Res. (1989): Eisinger J, Dagorn J. Vitamin B6 and magnesium. Magnesium. (1986): Bernstein AL. Vitamin B6 in clinical neurology. Ann N Y Acad Sci. (1990)

 

  :: ARTIGOS RECOMENDADOS PARA SI

Magnesio.jpg

Dieta_para_abdominais_definidos.jpg

10alimentosparamelhorarasaude-02.jpg


Mostrar por página
Ordenado por
Xtra ZMA
Xtra ZMA

Zinco, Magnésio,Vit B6 - Para lesões, câibras, força e resistência.

 

Antes

23,64 €
19,98 €
Você poupa 15 %