Luteína, zeaxantina e vitamina A: os nutrientes...

Luteína, zeaxantina e vitamina A: os nutrientes da visão

Luteína, zeaxantina e vitamina A: os nutrientes da visão

Uma alimentação equilibrada é fundamental para uma vida saudável, e a saúde dos seus olhos não é excepção. A saúde ocular e a qualidade da visão, ainda que nunca tenha dado problemas, vão-se naturalmente degradando à medida que se envelhece, em resultado da perda natural da  capacidade e da velocidade de regeneração das células do nosso corpo. À deterioração da visão relacionada com a idade dá-se o nome de Degeneração Macular Relacionada com a Idade (DMRI).

 

Vários estudos associam uma dieta desequilibrada ao aumento do risco de desenvolver DMRI; por sua vez, uma alimentação saudável, privilegiando o consumo de determinados nutrientes, auxilia na prevenção e tratamento de problemas da visão, sobretudo aqueles relacionados com a idade. Os principais nutrientes com efeito na prevenção e tratamento da degeneração ocular pertencem ao grupo dos antioxidantes, com destaque para três deles: a vitamina A, a luteína e a zeaxantina.

 

Vitamina A. A vitamina A (ou retinol) é um antioxidante essencial para o processo da visão, principalmente para a visão nocturna, de tal forma que um dos principais sintomas de carência é a dificuldade em ver perante pouca luz, chamada de cegueira nocturna. A deficiência de vitamina A também se manifesta frequentemente por secura ocular, clinicamente denominada de xeroftalmia. Desta forma, a ingestão adequada de vitamina A ajuda a manter saudáveis as células e tecidos do olho, ajudando, assim, a retardar o aparecimento e/ou a progressão da DMRI.

A Dose Diária Recomendada (DDR) estabelecida para a vitamina A é de 1000 mg para os homens e de 800 mg para as mulheres (adultos), estado ligeiramente aumentada para a mulher nos períodos de gravidez e amamentação. Esta vitamina pode ser obtida através da alimentação ou de suplementação vitamínica. De entre os alimentos ricos em vitamina A, destacam-se a cenoura, batata-doce, tomate, pimentos, legumes de folha verde escura (couves, espinafres, agriões, salsa...), gema de ovo, fígado, óleo de palma e cremes vegetais para barrar.

 

Luteína e zeaxantina. São dois fortíssimos elementos antioxidantes, da classe dos carotenóides, encontrados em abundância em vários vegetais. No corpo humano, a luteína e a zeaxantina são encontrados em elevadas concentrações no olho, nomeadamente na lente, retina e mácula (principal área da visão), motivo pelo qual são considerados vitais para uma visão saudável.

Vários estudos demonstraram que estes carotenóides reduzem o risco e atrasam a progressão de doenças oculares crónicas, como a DMRI. Especificamente, a luteína e a zeaxantina conferem protecção ocular contra os danos causados por ondas de luz de alta intensidade, das quais são exemplo alguns raios ultravioleta da luz solar. Elevados níveis destes dois nutrientes são associados a uma melhor visão em geral, mas particularmente em locais com pouca luz ou onde o brilho é intenso.

As fontes alimentares de luteína e zeaxantina sao comuns às fontes de vitamina A, incluindo vários legumes, frutas e, ainda, a gema de ovo e o milho. De e entre as frutas e legumes, destacam-se os legumes de folha verde escura (couves, brócolos, espinafres, agriões, salsa e nabiças, por exemplo), cenoura, batata-doce, abóbora, pimentos, e as frutas de cor alaranjada, como manga, laranja, pêssego, alperce, damasco, dióspiro, melão, meloa, papaia e ameixas. Uma recente investigação observou que uma dieta rica nestes alimentos - especialmente espinafres , couves e brócolos – pode reduzir até 50% o risco de desenvolver cataratas. Outro trabalho realizado em indivíduos que já apresentavam DMRI evidenciou que a ingestão de suplementos contendo luteína e zeaxantina têm efeito na redução da velocidade de progressão da doença.

Apesar de não existir ainda estabelecida uma DDR de luteína e de zeaxantina, o nível de ingestão diário recomendado para uma boa saúde ocular é de 10 mg e 2 mg, respectivamente.

 

De referir que, além destes três nutrientes, outros antioxidantes como a vitamina C e a vitamina E, os ácidos gordos ómega-3 e oligoelementos como o zinco e o cobre estão também associados à boa saúde dos olhos, integrados num regime alimentar saudável.

 

:: ARTIGOS RECOMENDADOS PARA SI

 

porqueenvelhecemos Equinacea 10alimentosparamelhorarasaude-02


 

 

 


 


Mostrar por página
Ordenado por
Luteina
Luteina

Para uma visão saudável.

 

Antes

33,21 €
27,29 €
Você poupa 18 %
Luteina 20mg
Luteina 20mg

Melhora a acuidade visual.

 

Antes

24,60 €
19,91 €
Você poupa 19 %
Visiopure
Visiopure

Ajuda na visão e mantém a saúde dos olhos.

 

Antes

27,06 €
20,98 €
Você poupa 22 %
Vitamina A
Vitamina A

Fortalece o sistema imunológico e protege a pele.

 

Antes

26,99 €
21,99 €
Você poupa 19 %
Multicomplex Adultos
Multicomplex Adultos

Reviatlizante e nutritivo.

Antes

14,76 €
11,99 €
Você poupa 19 %