Letra D

Letra D

Letra D

 


 B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Z


 

Dextrose.
Outra designação possível do monossacarídeo (açúcar) glicose ou glucose.
 
DHA.
Ácido docosahexaenoico, é um ácido gordo poli-insaturado do tipo ómega-3 encontrado sobretudo nos peixes, com papel importante no funcionamento do cérebro e sistema nervoso.
 
Dieta.
Regime alimentar racional e controlado na ingestão de alimentos, com vista a emagrecimento, aumento de peso, tratamento de carências nutricionais ou outro propósito.
 
Diabetes mellitus.
Usualmente designada apenas por diabetes, é uma doença metabólica caracterizada por um aumento anormal da glicémia (açúcar ou glicose do sangue) e pela incapacidade do organismo em transformar toda a glicose proveniente dos alimentos. Consoante a causa, pode ser classificada em tipo I, tipo II, gestacional ou outros tipos específicos.
 
Diabetes mellitus do tipo I.
Usualmente designada de diabetes insulino-dependente, carateriza-se por destruição das células pancreáticas responsáveis pela produção de insulina, levando a deficiência na produção da mesma, pelo que é necessária a administração de insulina.
 
Diabetes mellitus do tipo II.
Usualmente designada de diabetes não insulino-dependente, caracteriza-se por diminuição da produção de insulina ou resistência da insulina (insulino-resistência). Consoante os valores de glicémia, pode ou não ser necessária administração de fármacos ou insulina.
 
Diabetes gestacional.
Diabetes mellitus reconhecida, pela primeira vez, durante a gravidez. Pode necessitar de tratamento farmacológico ou insulina e desaparece, habitualmente, quando concluído o período de gestação.
 
Dispepsia.
Dificuldade em fazer a digestão, independentemente da causa, podendo manifestar-se por diversos sintomas (dor, azia, enfartamento...).
 
Diurético.
Substância natural ou sintética que provoca ou estimula a diurese, isto é, a eliminação de líquidos através da urina.
 
Dose Diária Recomendada, DDR.
Valor padrão, estabelecido pela União Europeia, da quantidade de ingestão diária de um nutriente que é considerado suficiente para atender as exigências de 97-98% da população saudável.